Translate

maio 14, 2018

Momento Leitura - A Lista de Natal


Olá perambulantes!
Como estão?

Eu ainda tô enrolada...
Achei que depois que o Leão parasse de me perseguir, eu conseguiria voltar ao ritmo normal, mas juntou muitas coisas e o monte cresceu...
Como eu sempre digo, "devagar e sempre"!

O título que trago hoje, li em Janeiro. Era um dos "Desejados" da minha estante do Skoob e consegui trocar um lido por ele.
Minhas leituras também estão lentas, pois está difícil ler nos busões da vida, sempre lotados... Porém, é algo que não desisto, pois amo ler!


A LISTA DE Natal
Autor: Richard Paul Evans
Editora: Geração Editorial
Ano: 2010
Páginas: 352

Sinopse:
NÃO É TODO DIA QUE ALGUÉM LÊ O SEU PRÓPRIO OBITUÁRIO!
Três semanas antes do Natal, James Kier, megaempresário egoísta e indiferente aos sentimentos dos outros, lê no jornal a seguinte notícia: "Magnata do Ramo Imobiliário Morre em Acidente de Carro" - O incorporador imobiliário de Utah, James Kier, faleceu após seu carro colidir com um poste de concreto na rodovia I-80. Autoridades acreditam que Kier pode ter sofrido um ataque cardíaco antes de desviar para fora da estrada. Kier era presidente do Grupo Kier, uma das maiores empresas de incorporação imobiliária do Oeste. Ele era conhecido como um homem de negócios feroz e muitas vezes impiedoso. Ele disse uma vez: "Se você quer fazer amigos, entre para um grupo de bate-papo. Se quiser ganhar dinheiro, entre nos negócios. Só um tolo confunde os dois". Kier deixa um filho, James Kier II, e sua esposa, Sara. Kier abaixou o jornal. Algum idiota vai perder o emprego por causa disso, pensou. Ele nem fazia ideia do que aquele artigo estava prestes a desencadear.
Este livro é uma bela e comovente história, que consegue ser emocionante sem cair na pieguice, falar de Deus sem cair na pregação religiosa, e transmitir mensagens de amor, esperança e redenção. Fazendo rir, chorar, odiar a humanidade e amá-la, esta obra singela e muito contemporânea nos convida sobre valores frequentemente deixados de lado, mas não de todo esquecidos, como lealdade, solidariedade, sacrifício - o verdadeiro sentido do Natal.
Qual o segredo do enorme sucesso dos livros de Richard Paul Evans? Apenas um: emoção. As histórias dele falam diretamente ao coração, estabelecendo uma comunicação direta com o leitor.

Opinião Bruxal:
Gosto de livros com temas de Natal, embora este, não seja sobre o tema Natal e sim sobre um acontecimento nesta época.

Me fez lembrar o filme Os Fantasmas de Scrooge, que traz a mensagem "Nunca é tarde para mudar".
É um tema atual porque mostra a dureza e frieza que podem tomar conta do coração humano. Neste caso, o magnata James, por focar somente em trabalho e dinheiro, perdeu sua essência ao longo do caminho - algo que pode acontecer com todos nós.
Porém, nem tudo que parece ruim pode ser exatamente ruim!
Ao "morrer", James tem a oportunidade de saber o que as pessoas falavam, escreviam e como agiam pensando que ele estava morto. Diante disso, aparece a oportunidade de mudar.
Mas... mágoas, ofensas e sofrimentos não desaparecem com pedidos de desculpas. Por mais que se tente remediar situações, as cicatrizes perduram e cabe às partes, seguir com suas decisões.

É um livro fofo!
Faz rir, chorar, pensar e refletir sobre nossa essência.
Como sempre digo, mesmo tentando fazer o bem, já erramos muito. Quanto mais machucando deliberadamente as pessoas...

Bom... vocês sabem que minhas resenhas são "abstratas", pois se eu contar a história da minha maneira, vocês saberão o teor do livro e gosto de deixar o ponto de interrogação para quem me lê e gosta de livros.

Escrito de forma tão leve e dividido em capítulos curtos, o autor torna a leitura fluida e envolvente, o que nos faz ficar alguns dias refletindo...

Super recomendo!!!


"- ... Sei porque o seu pai é do jeito que é. E acredito que ainda existe
um homem bom dentro dele.  Ele apenas se desencontrou por algum tempo.
- Como a senhora sabe que ele não se desencontrou para sempre?
- Todos nós nos desencontramos às vezes. O segredo é acreditar
que somos dignos de ser encontrados.
Diálogo entre Sara e Jimmy

"- ... Celeste, existe gente boa neste mundo. Gente como você, que se sacrifica,
mas mesmo assim se esforça por fazer a coisa certa. Heróis do cotidiano.
Você é um deles. Eu gostaria de ser um deles também, algum dia." 
James Kier.




Lojinha Poções de Arte
decora uma cozinha com Porquinhos Rosa!
Clique na imagem para aparatar!